Poeta André Vasconcelos

Poeta André Vasconcelos
Mensageiro Natural de coisas Naturais

quinta-feira, 1 de março de 2012

bom de Acabar




Bom de Acabar

Dia ruim de ficar...
Eita mundo bom de acabar...
Muitas ações e nada de chegar...

Nada fácil degustar o momento.

Mas a Sobrevivência vem e mata.
Eu nem quero só os ouros as pratas.
Se a vida é bandida
A Sobrevivência é estadia.

Período nojento insiste e fica.
Nada de lamurias é a realidade incisiva.

Vai tenta sua sorte.
E fica esperto às vezes é muro às vezes um poste.
Vai correr pelo muito e ter o pouco.
E depois me mostre o pote o ouro.

Mas ele não vai existir.
Desculpe, mas terei que partir.
Às vezes acho que o lugar nem é aqui.
Tudo bem eu vou sair...

Já cansei daqui...
Já cansei e não vou sorrir.
Eu to ligado vou me despedir.
Piores dias devem existir...
Mas por enquanto...
Peço que esse dia nunca mais passe por mim.



Autor - André Vasconcelos

2 comentários:

Ronaldo Nunes disse...

Não temos prazer no dia "mau", mas ele se faz necessário para que possamos reconhecer melhor os bons...



Abraço guerreiro!

Germano Gonçalves disse...

Bacana cara, isso aqui é realmente um inferno, mas temos que passar por isso, então é melhor dizer: como já dizia o poeta "Acaba não mundão".