Poeta André Vasconcelos

Poeta André Vasconcelos
Mensageiro Natural de coisas Naturais

quarta-feira, 14 de março de 2012

A Poesia




A Poesia Falou

A POESIA hoje esta mais triste.
A minha insistiu muito.
Porem não resistiu se entristeceu.

A escrita simples e objetiva.
Esta mal dividida.
99% dela é verdade e realidade.
Sobrou 1% pra poesia.

É a dureza do momento.
Perdão POESIA.
Por não fazer rostos sorrirem de paixão.
Ou pessoas rebolarem de emoção , ai não.

A poesia aqui é pra pensar...

A POESIA...
Foi sempre bem direcionada.
Tipo pé na estrada.
Forte e inesperada.
Como uma pedrada.

Nunca pra massagear ninguém...
Não faço POESIA pra receber elogios de alguém.
Não sou poeta...
Não sei recitar...

Meu entusiasmo esta em escrever.
Pra mim mesmo...
Pra alma esvaziar...
Talvez alguém pra se identificar...
Mas a poesia hoje vai chorar...

Sem ressentimento talvez amanhã ela volte a sorrir.
Já faz um tempo mesmo, que esqueci de mim.
Mas a POESIA não...
Ela não me deixa...
Mesmo que Eu me Esqueça, Esmoreça.
Tentando alavanca a vida dos meus...
Ela vem e diz...
Que minha alma é seu apogeu.

Aí adormeceu...

Meu período é de breu.
POESIA me desculpa.
Você tem caminhado e presenciada essa angustia.
É minha aliada, nunca me esquece tipo meu alicerce.
Me fortalece , minha alma lhe obedece...
A POESIA que nunca se esquece.
Pediu licença e hoje se entristece.

Autor - André Vasconcelos

Um comentário:

Germano Gonçalves disse...

Bacana, mas se a poesia ficar triste eu fico doente, bela poesia porque a poesia é isso não é só alegria, valeu!