Poeta André Vasconcelos

Poeta André Vasconcelos
Mensageiro Natural de coisas Naturais

domingo, 22 de agosto de 2010

Recompensa

Luis Lacerda, um sonhador incomparável.
Fez sua vida, seus poucos bens, meio confortável.
Por muito tempo não acreditaria em ninguém.

Passaram em sua vida colegas, companheiros.
Somente passaram, pois todos sempre foram ligeiros.
E o vulgo sonhador não tinha confiança desses parceiros.

Muito foi questionado por andar só em meio à multidão.
Para uns ele era metido para outros centrado amigo.
Dividiria opiniões por longos anos
Porem aos Seus nunca foi de engano.

Persistência um dos seus nomes tinha que ser assim.
Rapaz pobre pouca postura, mínima cultura, estudo, coisa alguma.
Trancafiou-se no seu mundo,batalhou,sofreu se humilhou

Luis se prendia aos seus sonhos, seus ideais e a força de sua alma.
Guerreiro, Gladiador, sofreu persistiu lutou.
Muitos duvidavam, desde cedo, já provava.

O sonhador falava muito pouco, era apto mesmo no ouvir.
Os seus sonhos eram formados, isso dele ninguém chegou a ouvir
Era fato que a fala era pouca, pensava de mais, era centrado no querer pra si.

Tanto tentou que as portas foram abertas.
Abertas por ele que as escancarou.
Por em pratica o que sempre sonhou.

Luis agora é um idealizador que fala muito.
Fala muito com seu interior.
E alguma de suas lutas se saiu vencedor

Amigos ainda são bem poucos.
Isso nunca lhe incomodou.
O foco não houve alteração, isso ele nos diz, sonhador.

Sempre a procura da verdade humildade que vem da alma.
Luis sabe os que foram e os que hão de vir.
Sua perspectiva nunca chega ao fim.

Na selva de pedra onde sempre morou Lacerda.
Ficam seus sonhos, ele e suas poucas falas.
Verdade, humildade, transparência.
Esses são os sonhos que Luis Lacerda.
Tanto procurava para sua essência.

André Luis

Um comentário:

SANDRO SUSSUARANA disse...

é isso aew irmao. o lacerrda e um persistente. assim como nos na POESAI.


assim seremos sempre os divergentes.
a fala consciente.

#TamuJUnto.