Poeta André Vasconcelos

Poeta André Vasconcelos
Mensageiro Natural de coisas Naturais

sexta-feira, 22 de junho de 2007

agora vamos ler

A Volta de Um Sonho

Foi assim que eu iniciei toda ilusão e no tempo que tinha para sorrir.
Eu parei de vivenciar tudo há em mim é passado pensava somente em ti.
Quando eu percebi pude decifrar, tudo aquilo que tinha para acertar.
Eu não te encontrei no escuro mar onde me encontrava para navegar e em um quarto escuro minha mão tateia a sua procura.
Verdade digo quando ao te ver meus olhos lagrimejam pela simples escultura que é a sua face.
E o sonho permanece com a incumbência de me fazer feliz e dedicar esse mar de felicidade que em mim há a verdadeira pessoa da qual merecer.
Percebi que no amanhecer chuvoso onde tudo parecia ser do contra encontrei algo a favor meu sonho que insiste em te querer, procurar, desejar e consumar um sonho que se prolonga.
Bom é sonhar melhor será ao realizar, e assim permanece tudo que tinha realizado me parece tão vazio quando falta algo a ser alcançado.
E percebi que para que realize tudo isso não posso esquecer de mim, pois é a minha procura é meu desejo é um sonho meu, se é relacionado a mim porque ando me esquecendo para te seguir, hoje é o fim de me esquecer.
E você procura algo? Numa incessante procura se esqueceu de você?
Novamente retome essa procura porem agora é pra você mesmo se achar, pois pelo longo caminho em que trilhamos é necessário nos encontrarmos para na reta final sermos contemplado com mais um sonho realizado.


André Luis J

Um comentário:

ligia disse...

amor a quem vc procura?