Poeta André Vasconcelos

Poeta André Vasconcelos
Mensageiro Natural de coisas Naturais

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Felicidade em Sobreviver


Sobreviver com a Dor


O dia nublado o céu cinzento.
E lá vamos...
Provar o gosto amargo que foi dado a nós.

Foi sempre assim desde 1986.

Como uma rainha nasceu.
Diagnostico de nascença.
Doença rara (um a cada, um milhão).

Com ela aconteceu.

É raro e degenerativo.
Meu choro sempre foi interno.
Por pouco quase me despeço.

Nada de historia aqui isso é real.

Até os 12 anos.

Falava sorria pulava.
Existiam sim as dificuldades.
Até para as falas, mas não se calava.

Aos 15 anos.

Dificultosa coordenação motora.
Falava pouco, sorria pouco, já não pulava mais.

Aos 18 anos.

Sua amiga uma cadeira de rodas.
Doença rara até pouco tempo
Nada se sabia
Porem a piora gradativa
Por nos era vivida.

Aos 21 anos.

Já se faz muito tempo sem comer arroz...
Alimentação balanceada.
Creme de leite óleo canola e um mamão pra enganar.
Isso no almoço e no jantar.

Nada, além disso,
E nos olhos dela eu vejo
Que não para de lutar.

A distonia com a cadeira de rodas.
Começou a acompanhar.
Dor imensurável.
Minha alma chora e quer se calar.

A caminhada sempre foi longa.
Dói e sofro toda vez ao falar da minha percepção.

Fé aqui é mato sempre teve em grande proporção.

Mas ela não desiste não.
Dificilmente a vejo chorar.
Aprendi a conversar com os olhos.
Eu sei tudo o que ela quer falar.

Eita menina guerreira.
A minha linda realeza.
Se existe nome próprio pra quem luta.
Para mim é o nome dela com certeza.

Ela um dia falou muito.
Hoje gesticula mais...
Ela um dia pulou muito.
Hoje não anda mais...
Desde cedo lutou muito.
Hoje ela luta muito mais...

Quando estou desfalecendo
Eu lembro.
Que a pessoa mais guerreira que eu conheço.
Mora comigo e todos os dias eu a vejo.

Aos 24 anos.

Dia 10/01/11.

Aqui das adversidades ninguém se esconde
Hoje eu a amo muito mais que ontem.

Somos guerreiros e lutadores.
Transformamos a dor em amor.
O choro no riso.
E para finalizar tudo isso.


Felicidades há você.

Pois eu sei que felicidade para você.
É tentar ao máximo Sobreviver.

Autor - André Vasconcelos

11 comentários:

Daniela Mara disse...

Seria redundante dizer que vc é fantástico em suas poesias!!! né?
Parabéns

Mel disse...

Parabéns Andre... Gosto de como 'conta' suas poesias e essa históra é envolvente!

Mel disse...

Salve André Parabéns!
Eu gosto muito da maneira que 'conta' suas poesias e essa é mto envolvente.

Mel disse...

Salve André Parabéns!
Eu gosto muito da maneira que 'conta' suas poesias e essa é mto envolvente.

Anônimo disse...

INCRIVEL PARCEIRO EXISTE MUITAS PESSOAS QUE REALMENTE TEM A 'FELICIDADE EM SOBREVIVER' E MUITAS QUE DEVERIA SE ESPELHAR NISSO PARA TER A VERDADEIRA FELICIDADE.


SUCESSO SEMPRE

IRAN MNR
WWW.USGUERREIROS.COM

Ronaldo Nunes disse...

Belíssima poesia, tu bem sabes o quanto lhe admiro não só como poeta mas também como ser humano, tuas poesias são um choque de realidade.

Tamu junto sempre meu irmão, pro que der e vier!!


Salve a poesia que nos salva!

vato disse...

Mais que poesia um grito de liberdade me lembrei de um verso do tiu crônica a art de vencer esta dentro de vc !!!!

camila lips disse...

tudo lindo, tudo real!Meus parabéns.
Tô emocionada aqui, muita luz na caminhada :*

Altamiza Melo disse...

Como não gostar de quem escreve, descreve a vida , sensações, dores, amores, cores, desabores com tamanha sensibilidade e maestreza. dizer que gostei é tão redudante, pois admiro o poeta, escritor e o homem que és meu amigo. Sabes que ultimamente tenho vivido e desfrutado de varios sabores e por isso não tenho procurado muito entender a vida e seus meandros, tenho procurado viver, sentir é muito maior do que entender qualquer duvida..Se eu tiver que amar, sorrir, chorar, assim vou fazer porque o ontem já foi e o amanhã talvez não venha.
Acho esses são uns dos motivos de gostar do seu trabalho por termos algumas pontos em comum.

Bjos!!

Derland disse...

Seu blog e excelente, seus textos também são ótimos, vou tentar me inspirar no seu blog para melhorar o meu, se quiser depois e só da uma olhada o link ta logo a baixo: http://derlandreflexivo.blogspot.com/

Daniele disse...

Parabens DeKA!

Escrever ... é uma coisa
Fazer sentir emoção com palavras é outra coisa...

..e vc faz isso bem pra caramba!!!

(...se anjos existem, ela é umque nos foi dado...com certeza)